Jaú   •         |     Atendimento Sede (14) 3622-1318      |      Receba nossas atualizações

Notícias

Saúde do Trabalhador pede socorro

FONTE: Assessoria de imprensa da Força Sindical-SC

A Comissão Intersetorial de Saúde do Trabalhador, integrante do Conselho Municipal de Saúde de Florianópolis convida seus conselheiros para uma reunião ampliada que tem como objetivo a desabilitação do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador, o Cerest da grande Florianópolis.

Crédito: Divulgação

Para o secretário de Saúde e Segurança do Trabalhador da Força Sindical SC, Luiz Bittencourte, o fechamento do Cerest, que já esta ameaçado há algum tempo, é só mais uma forma de desproteger os trabalhadores que ficam mais vulneráveis aos acidentes e morte no trabalho.

"Onde iremos chegar com tantos absurdos e retirada de direitos e fechamentos de órgãos do governo? O que fazem saúde do trabalhador? Que País é esse, que somente quem paga com a vida é aquele que produz o desenvolvimento econômico e gera resultados? Sem prevenção, sem promoção, sem controle", desabafou Bitencourte.

Lembrando que o Cerest de Florianópolis não é único em situação precária, em Joinville o Cerest também passa por momentos difíceis. Na verdade o governo não pretende mais fazer o repasse para esses órgãos, o que acarreta é o grave sucateamento dos Centros.

"Vida longa ao governo, morte prematura a nossos jovens que se inserem no mundo do trabalho ou no campo minado das indústrias brasileiras e da construção civil, entre outros", finalizou.

 

Convenções Coletivas 2016 / 2017



Maio / Junho de 2016



Janeiro / Abril de 2016